Apresentação

Olá, meu nome é Carmen Costa, sou médica, especializada em Pediatria, Neonatologia e Imunoalergologia. Durante a minha formação médica e atividade profissional pude observar que um paciente bem informado é de grande valia para uma boa orientação clínica. Desta forma, como a relação médico- paciente ao meu ver é um caminho que apresenta duas vias decidi construir este blog, no sentido de divulgar informação e por conseguinte exercer uma melhor prática médica.

domingo, 3 de junho de 2012

Vamos retirar as fraldas?

  Esta é uma pergunta muito frequente: quando retirar as fraldas a uma criança? A resposta é: quando ela estiver pronta para tentar. Como tudo na vida isto exige bom senso. Há pais que iniciam o desfralde aos 6 meses de idade (por questões econômicas ou ideais ecológicos),  há outros que somente muito mais tarde, ou seja não existe uma idade para iniciar o desfrade. O importante é não pressionar a criança como se isto fosse uma prova de aferição, pois a mesma poderá reagir muito mal e ocorrerá desde vários episódios de inundação na casa (incontinência urinária) e a obstipação intestinal voluntária, que é uma situação clínica bastante desagradável para todos os envolvidos.
  A média de idade é em torno dos 18 meses, quando a criança já começa a interagir e a perceber as nossas perguntas e agir conforme o esperado. Se o bebê tiver o trânsito intestinal com padrões fixos e identificados pelos pais, o desfralde poderá ser mais fácil e até pode ser tentado antes, desde que o bebê consiga ficar sentado sozinho pelo menos 5 a 10 minutos. A criança  começa a indicar normalmente que já tem ou vai ter a frada suja. Poderá deixar a porta aberta para que a criança veja que este é um ritual que todos nós praticamos.
http://2.bp.blogspot.com/_2xZE7sMv62g/TSX_qC0hKlI/AAAAAAAAAjo/5uU9lV4OYko/s1600/bebes-penico4.jpg  A tentativa inicial é retirar as fraldas do dia, porém se o intento fluir de modo suave poderá na altura retirar-se as fraldas da noite (quando as fraldas já estiverem secas). Mesmo após o início do controle ainda leva de 5 a 6 meses para que este se efectue. Entre os 2 e 5 anos de idade a criança ainda não tem controle esfincteriano total e vão ocorrer eventualmente alguns "acidentes". Evite oferecer líquidos antes da hora de dormir e leve a criança ao banheiro/casa de banho antes de deitar ou mesmo durante a noite.
  Poderá utilizar tanto um penico como um redutor e deixe a criança explorar o objecto. Depois coloque a criança para que ela perceba para que este serve. Não deixe de oferecer a casa de banho/banheiro várias vezes ao dia. Quando a criança pedir evite retardar a ida, respeite os limites e capacidades da criança.
  Prepare-se para encontrar uma cama molhada de vez em quando no início do treino da retirada das fraldas nocturnas. Isto é absolutamente normal, utilize um resguardo, há vários modelos no mercado.
  Não castigue ou humilhe a criança por ter fracassado, este tipo de atitude só atrapalha o aprendizado da criança, o reforço positivo com elogios sem exageros quando a criança obtiver sucesso é o mais recomendado.
  Às vezes poderá ficar um tempo sentada no penico ou sanita sem fazer nada e quando puser a roupa fará na roupa, não se preocupe pois o controle do esfíncter está só começando, limpe a criança e faça tudo de modo natural.
  Meninos e meninas aprendem primeiramente sentados. Os meninos devem ser estimulados a urinar em pé após o controlo do esfíncter já estabelecido.
  Algumas crianças regridem neste processo, com o intuito de chamar atenção. Normalmente quando chega um irmãozinho, ou diante de alguma situação nova.
  O importante aqui é não estressar a criança, mais cedo ou mais tarde ela se libertará das fraldas, dê tempo ao tempo, dê amor e carinho, que isto vai passar de maneira descontraída.


2 comentários:

  1. Que bom voltar ao blog Dra.Muito obrigada por tudo, está excelente.
    Cumprimentos
    Raquel Sabino

    ResponderEliminar
  2. Dra Carmen, mais uma vez obrigada pela ajuda.
    Comecei o desfralde da Leonor há pouco e está a correr lindamente.
    Ela já está com dois anos e meio e acho que estava preparada para tentar.
    A Leonor adora ir ao pote e fica muito feliz por estar a conseguir.
    Acho que finalmente eu estava preparada para esta nova etapa e a Leonor também!
    Cumprimentos,
    Dealina Faria

    ResponderEliminar